(19) 3634-3988 atendimento@ses.com.br

JOGO BENEFICENTE ARRECADA MEIA TONELADA DE ALIMENTOS

gol de penalti do quinho times unidosPaulinho com a bola

 

 

 

 

 

 

lance de jogo lance de jogo 2 Caio e Lena filho e viúva de Bertinho

 

 

 

 

 

 

Adolpho e Lucio. Robinson, Zanchetta, Foguinho e VergílioA partida beneficente realizada neste domingo (28), entre Esportiva e Palmeiras arrecadou meia tonelada de alimentos em prol da APAE (Associação de Pais e Amigos de Excepcionais). O jogo, realizado no estádio Dr. Oscar de Andrade Nogueira, serviu também para comemorar os 95 anos do Departamento de Futebol da SES, mas quem levou a melhor foram os visitantes: O Palmeiras venceu por 4 a 2, festejando com o lendário meia Titica que, mesmo com a saúde debilitada, fez questão de comparecer.
A Esportiva começou irresistível, abrindo 2 a 0 logo nos primeiros 15 minutos, com um gol de Paulinho Maclaren e um golaço, por cobertura, do lateral direito Valter.
O Palmeiras reagiu ainda na primeira etapa, com um gol de pênalti do atacante Quinho e outro do artilheiro Mirandinha, que deixou a defesa da SES no chão e bateu cruzado para marcar.
No segundo tempo, o Palmeiras deslanchou e fez mais dois: um com Dilino e outro, de falta, de Guará, dando números finais ao jogo. Os Lobos da Vila festejaram ao final, erguendo o trofeu oferecido pela Coordenadoria de Esportes da rubro-negra.
HOMENAGENS
A manhã de domingo também teve homenagens que começaram antes da partida. Os presidentes da Executiva e do Conselho Deliberativo da Esportiva, Lucio Doval e Adolpho Alvarez, inauguraram uma pintura no paredão do estádio do clube. A obra, do artista Marco Fialho, reproduziu uma frase do ex-presidente Christiano Osório de Oliveira, o “Bilú”: “Jogadores! Honrai esta camisa da Esportiva que é o orgulho dos sanjoanenses”. O texto aparece em um antigo vídeo do clube e é apontado como o responsável pelo surgimento da “mística do paredão”. Tanto para os jogadores, quanto para os dirigentes e torcedores, a Esportiva sempre joga melhor quando ataca para o paredão da arquibancada onde ficava a torcida “Tigres do Barranco”.
Outro homenageado foi o goleiro Luis Roberto Ferraraz, o “Bertinho”. O atleta do time de veteranos faleceu em maio deste ano e foi representado pela esposa Lena Cirto e pelo filho Caio, no pontapé inicial da partida.
Ao final da partida, a Esportiva ainda homenageou a torcedora Elisabeth Miranda, dirigente dos “Tigres do Barranco”, o torcedor Miltinho Barbeitos, filho do ex-presidente Hamilton Barbeitos e também a Sra Heloísa Souza Lima Blota, neta de Luis de Freitas, integrante do time dos Tigres da Mogiana, de 1921.
Paulo César Budri, que foi conselheiro da Esportiva durante 16 anos, também recebeu uma homenagem por ser descendente dos Irmãos Budri, precursores do futebol em São João.
O Palmeiras Futebol Clube, na pessoa de seu dirigente Osvaldo Vergílio Junior, também homenageou a Esportiva pelos 100 anos de história e pelos 95 anos do Departamento de Futebol. Uma placa comemorativa foi entregue aos membros da Diretoria Executiva, Antonio Roberto dos Reis, o “Foguinho”, Paulo Cézar Zanchetta do Nascimento e Robinson Wagner de Souza.
Clique no link do álbum e veja as fotos do evento:

https://www.flickr.com/…/67705145@N04/sets/72157672114416942

FOTOS: Hediene Zara e Franco Junior

Submit a Comment