(19) 3634-3988 atendimento@ses.com.br

ESPORTIVA É CAMPEÃ DO AMADOR NO ANO DO CENTENÁRIO

foto 7 bx   foto 1 bx

 

 

 

 

 

foto 4 bxfoto 6 bx

 

 

 

 

 

 

 

foto 2 bxfoto 8 bx

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O time de futebol da Esportiva foi campeão do Amador Regional, neste domingo (19), após vitória nos pênaltis contra o Pratinha. Em um jogo cheio de lances polêmicos, em que os Tigres da Mogiana tiveram um gol anulado e sofreram com acréscimos no segundo tempo, a equipe se superou e levantou o troféu Venício Nogueira.

O JOGO

A SES começou o jogo no CIC com a vantagem do empate, mas sofreu um gol de Klebinho logo aos 13 do primeiro tempo. Depois disso, o time do treinador Carmo se acertou e impôs um melhor ritmo, criando boas oportunidades pelo meio de campo.

Numa delas, a arbitragem marcou falta em dois lances, dentro da área do Pratinha. A Esportiva reclamou de pênalti, mas o árbitro não acatou. Na cobrança da falta, Hiago fez o gol de empate. O juiz, mais uma vez, entrou em cena e anulou o gol da rubro-negra.

A igualdade no placar só veio no começo do segundo tempo, com uma bela cobrança de falta de Xandinho. Na comemoração, o atleta tirou a camisa e levou o cartão amarelo.

A SES dominou o jogo até o final, quando o árbitro sinalizou que daria quatro minutos de acréscimo, logo aumentados para cinco minutos. Debaixo de muita reclamação, o jogo prosseguiu e a zaga da Esportiva afastou todas as tentativas do Pratinha, que precisava de um gol. No banco de reservas, o treinador Carmo gritava pelo apito final.

Aos 51 minutos e meio, Romarinho recebeu a bola impedido e a arbitragem mandou a jogada prosseguir. Na sequência, um cruzamento para trás encontrou Bruno livre na entrada da área. Ele bateu forte e fez o segundo do Pratinha.

O jogo só terminou aos 53 minutos, decretando cobrança de pênaltis, sob muitas reclamações da Esportiva.

PENALIDADES

Nos pênaltis, brilhou a estrela do goleiro Geleia, da Esportiva, que pegou a cobrança de Rodrigo Galo. Os atletas Pulo, Itamar, Leandro, Hurtado e Samuel converteram todas as cobranças dos Tigres da Mogiana, e garantiram o título da SES no ano do centenário. A vitória quebrou o jejum de oito anos da Esportiva no Amador Regional.

CRÉDITOS:

Hediene Zara e Valter Ferreira

 

 

Submit a Comment